25
Dom., Out.
5 Artigos Novos

Hortofloricultura

Num contexto de perda quase total do rendimento familiar devido à pandemia de Covid19, a família Borralho decidiu lançar uma campanha de crowdfunding. O objetivo é lançar o projeto NaturHortas – uma rede de hortas caseiras sem agroquímicos, para produzir e distribuir produtos hortícolas, ao mesmo tempo que envolvem as comunidades locais e solos agrícolas que não estão a ser utilizados.

Os Apoiantes Fundadores da Rede NaturHortas vão beneficiar de descontos vitalícios nas futuras encomendas de hortícolas e nas estadias na rede NaturSintra. Dos 4750€ necessários, já foram angariados 1537€.

Rui Borralho explica:De um momento para o outro, a nossa família perdeu a quase totalidade do seu rendimento com o advento da pandemia, dado que tínhamos investido as nossas economias na iniciativa NaturSintra de alojamento local turístico que parou por completo, a nossa empresa Naturlink de comunicação ambiental ficou praticamente inativa, e a minha esposa perdeu o seu emprego”.

Baixar os braços não era solução e por isso decidiram apostar no projeto de produção hortícola orgânica. “O passo seguinte foi estabelecer uma forma de encontrar terrenos agrícolas onde produzir, dado que só tínhamos um pequeno quintal na nossa casa. Foi então que decidimos contactar amigos e vizinhos que possuem terrenos de pequena e média dimensão devolutos ou que há muito tempo não são explorados, propondo-lhes a criação de uma rede de hortas caseiras, em que os proprietários dos terrenos autorizam a utilização dos terrenos e disponibilizam água, nós trazemos a nossa capacidade trabalho e restantes fatores de produção (como por exemplo as sementes para semear, mudas para plantar, ferramentas, fertilizantes bio), fornecemos produtos hortícolas às famílias dos donos dos terrenos e comercializamos e distribuímos a restante produção de hortícolas frescos, saudáveis e saborosos”.

Neste momento, o casal Borralho já tem cinco terrenos disponíveis, no concelho de Sintra, e espera encontrar mais. Esperam, a partir de julho / agosto de 2020, começar a distribuir os NaturCabazes, no distrito de Lisboa.

“No entanto, é nossa visão e objetivo alargar a Rede NaturHortas a outras zonas de Portugal, procurando proprietários e parceiros que desejem envolver-se neste projeto e se revejam nos seus princípios, encontrando em paralelo consumidores que queiram usufruir dos vegetais ambientalmente mais favoráveis, mais saborosos e saudáveis, que esta rede de hortas caseiras vai proporcionar”, conclui.

Para conhecer melhor e contribuir para o projeto, visite a página Gofundme