05
Dom., Abr.
4 New Articles

Lisboa: a Capital Verde Europeia em 2020

Eventos
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Lisboa passou hoje a designar-se como a Capital Verde Europeia durante o ano de 2020. Com isso chegam muitos eventos e tomadas de decisão que não terão retorno, dizem os governantes.


Lisboa foi a cidade vencedora da distinção por ter evoluído em diversas áreas, sagrando-se assim como a Lisboa Capital Verde Europeia 2020, vencendo Gant, na Bélgica, e Lahti, na Finlândia (e a que se segue em 2021).

Para concorrer a cidade tem que ter mais de 100 mil habitantes, sendo o concurso aberto aos estados membros da União Europeia, aos países candidatos à adesão à UE, à Islândia, ao Liechtenstein, Noruega e Suíça.

Mais árvores em Lisboa

Lisboa vai receber a plantação de cerca de 20 mil espécimes no Corredor Verde do Monsanto, no Parque Urbano do Rio Seco, no Parque do Vale da Montanha e no Parque do Vale da Ameixoeira. O objetivo é ter mais 100 mil árvores até ao fim do ano, que se juntam a outras 800 mil.

Critérios de seleção para Capital Verde

  • Atenuação das alterações climáticas;
  • Adaptação aos efeitos das alterações climáticas;
  • Transportes locais sustentáveis;
    Zonas verdes urbanas que integram uma utilização sustentável do solo;
  • Natureza e biodiversidade;
  • Qualidade do ar;
  • Qualidade do ambiente acústico;
  • Produção e gestão de resíduos;
  • Gestão da água;
  • Ecoinovação e emprego sustentável;
  • Eficiência energética;
  • Governança.