28
Ter., Jun.
3 Artigos Novos

Eventos

Dwayne Fields, explorador britânico e os biólogos Dominique Gonçalves, Martina Panisi e Ricardo Rocha e Céline Cousteau são alguns dos oradores da quarta edição do National Geographic Summit, que se realiza no dia 31 de maio no Teatro Tivoli BBVA Lisboa. “Um dia para mudar os próximos” dá o mote à conferência que visa alertar, informar, inspirar e capacitar para uma vida com menor impacto no planeta.

 Dwayne Fields explorador, apresentador de programas na BBC, ganhou reconhecimento quando em 2010, embarcou na sua primeira expedição, tornando-se o primeiro jovem negro britânico a caminhar mais de 370 quilómetros para alcançar o Pólo Norte Magnético.

Desde então, como aventureiro e explorador, dedica-se a inspirar pessoas a explorar a natureza e a ter maior consciência sobre questões ambientais. Em 2019, fundou com a sua parceira, Phoebe Smith, a WeTwo Foundation, que realizará em 2022 a primeira missão neutra em carbono que levará jovens de origens desfavorecidas à Antártida. “Expeditions of a Lifetime: A ciência da vida real” é o tema que traz a Portugal, onde partilhará a sua experiência num dos pontos mais inóspitos do planeta.

Dominique Gonçalves é uma ecologista moçambicana nascida e criada na Beira, cidade próxima do Parque Nacional da Gorongosa. É formada em Biologia pela Universidade de Kent, com especialização em ornitologia e mestrado em conservação. Em 2015, aderiu como investigadora ao Elephant Ecology Project, o qual agora lidera e onde investiga o movimento dos elefantes e a expansão do seu raio de ação em relação ao uso do habitat e ao Conflito Homem-Elefante.

Dedica-se tanto à conservação das espécies do Parque Nacional da Gorongosa quanto ao desenvolvimento das comunidades ao redor do parque, onde trabalha pela defesa da educação das raparigas e apoia projetos de desenvolvimento que visam romper com o ciclo da pobreza na região.

Dominique Gonçalves vai demonstrar que o único caminho para a coexistência entre pessoas e natureza é a preservação dos ecossistemas, na sessão “PRESERVE TO COEXIST: O Elo Entre Conservação e Desenvolvimento”.

Céline Cousteau virá a Lisboa falar sobre: “A Interconectividade Entre os Seres Humanos e o Planeta” e partilhar a sua experiência imersiva em tribos isoladas no Vale do Javari, na floresta amazónica, onde explorou a forma como as nossas ligações vão muito além da cidade em que vivemos, da língua que falamos ou da nossa cultura de origem. Céline defende a importância de unir as pessoas e o meio ambiente, de interligar a tribo humana e reconhecer que o futuro do meio ambiente e dos povos indígenas é vital para o futuro do planeta.

No National Geographic Summit Junior estarão presentes, para além de Dominique Gonçalves, Martina Panisi, que visa enaltecer o valor e a diversidade das espécies invertebradas e o seu papel fundamental na saúde dos ecossistemas. A bióloga recebeu uma bolsa Early Career da National Geographic pelo seu trabalho nesta temática e é atualmente Doutoranda da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Aos mais novos traz o tema “CARACÓIS GIGANTES DA FLORESTA: Uma História Para Ser Contada”. A narrativa que a leva ao Tivoli na manhã de dia 31 tem por base o projeto Forest Giants que nasceu da necessidade urgente de sensibilizar o público local e internacional acerca da proteção da biodiversidade nativa em São Tomé e Príncipe.

Ricardo Rocha, por sua vez, deu os primeiros passos da sua carreira como biólogo da conservação na ilha da Madeira, de onde é natural. A partir daí rumou ao Brasil, Madagáscar, China, Quénia, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Finlândia. O seu trabalho de investigação foca-se na avaliação do impacto da agricultura e da fragmentação de habitat nas comunidades que habitam as florestas tropicais, bem como na monitorização de espécies que persistem em ambientes humanizados.

Atualmente, é investigador de pós-doutoramento no Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO), onde estuda ecologia e conservação da natureza em ecossistemas tropicais e na Macaronésia. Falará sobre “NATUREZA SAUDÁVEL, HUMANOS SAUDÁVEIS: A Importância da Conservação”, partilhando o conhecimento sobre a biodiversidade do nosso planeta.

Os bilhetes, com valor entre 35 e 75 euros, estão à venda nos locais habituais.