25
Dom., Out.
5 Artigos Novos

Sustentabilidade

Unilever quer substituir todo o carbono derivado de combustíveis fósseis nas fórmulas dos produtos de limpeza e de lavagem de roupa, por carbono renovável ou reciclado.

A programa “Clean Future” visa alterar radicalmente o modo como são criados, fabricados e embalados alguns dos produtos de limpeza e de lavagem de roupa mais conhecidos do mundo. Visa incorporar os princípios da economia circular tanto na embalagem quanto nas fórmulas utilizadas, para que marcas mundialmente conhecidas reduzam a sua pegada de carbono.

As substâncias químicas usadas nos produtos de limpeza e lavagem de roupa da Unilever representam a maior parte da pegada de carbono (46%) ao longo do ciclo de vida dos mesmos. A Unilever espera que só esta iniciativa reduza a pegada de carbono das fórmulas dos produtos em até 20%.

O investimento anunciado destina-se a financiar pesquisas em biotecnologia, utilização de CO2 e de resíduos e química de baixo carbono, para criar fórmulas de produtos biodegradáveis e com eficiência no uso de água e reduzir para metade o uso de plástico virgem até 2025.

Arco-íris de carbono

O “Carbon Rainbow” da Unilever, componente essencial do programa “Clean Future”, é uma nova abordagem para diversificar o carbono usado nas fórmulas dos produtos. As fontes não renováveis de carbono vão ser substituídas por CO2 capturado (carbono roxo), plantas e fontes biológicas (carbono verde), fontes marinhas, como algas (carbono azul), e resíduos (carbono cinza). De acordo com o “Carbon Rainbow”, a extração de carbono vai seguir avaliações de impacto ambiental e vai ser monitorizada pelos programas de extração sustentável da Unilever para evitar pressões indesejadas sobre o uso da terra.