08
Sáb., maio
3 Artigos Novos

Gestão Florestal

A pasta de café, um desperdício da produção de café, pode ser utilizada para acelerar a recuperação das florestas tropicais em terrenos que tenham sido utilizados para agricultura.

A pasta, que resulta da separação da semente da fruta e representa cerca de 50% do peso de uma colheita típica, é ainda considerada um desperdício. Rica em nutrientes, carboidratos e lignina com um baixo PH, é um composto valioso, dizem os especialistas.

Outros estudos mostraram que o desperdício de laranja foi valioso na recuperação de floresta em pastos abandonados na Costa Rica. Foram tratadas áreas de 35 x 40 m com pasta de café e comparadas com outras áreas de controlo.

Após dois anos, a área tratada com pasta de café tinha 80% de cobertura e apenas de 20% na área de controlo. A experiência mostrou ainda que uma camada de meio metro de pasta de café foi suficiente para eliminar espécies invasoras. Foram ainda encontrados nutrientes em maiores quantidades como o carbono, o nitrogénio e o fósforo.

A pasta de café também pode ser utilizada com fertilizante e para aplicações de biotecnologia como produção de vinagre, produção de enzimas e degradação de cafeína.