25
Dom., Out.
5 Artigos Novos

Incêndios

O incêndio que atingiu Oleiros, Sertã e Proença-a-Nova destruiu 466 hectares de floresta. Contando-se os danos e investimento necessários, somam-se cerca de 200 mil euros. 

É necessário "prevenir a contaminação e assoreamento e recuperação de linhas de água, e os prejuízos em termos de biodiversidade", sendo ainda necessário controlar a erosão, recuperar infraestruturas e proteger as encostas em Proença-a-Nova, refere o município em comunicado.

O Gabinete de Proteção Civil e Florestas da Câmara fez um levantamento da situação e o município refere a importância da limpeza dos cem metros da faixa de proteção dos aglomerados populacionais.

Agora, está em curso um programa de reconversão de áreas florestais em áreas agrícolas, apoiando os proprietários dos terrenos nas faixas dos cem metros com movimentação de terras e oferta de árvores e plantas, sendo necessário o acordo de todos os proprietários.