28
Ter., Jun.
3 Artigos Novos

© Mindandi

Concursos

Foram lançados concursos para atribuição dos direitos de exploração no âmbito do Fundo Revive Natureza. Os imóveis públicos colocados a concurso serão requalificados para promover o desenvolvimento regional e local através do turismo. Os interessados podem apresentar as candidaturas até ao próximo dia 14 de março de 2022.

O concurso é lançado relativos aos seguintes imóveis:

- «Casa Florestal de Sapadores», no distrito de Coimbra e concelho da Figueira da Foz

- «Casa de Cantoneiros de Poio Negro», no distrito da Guarda e concelho de Manteigas

- «Casa de Jones», no distrito da Guarda e concelho de Manteigas

- «Moinhos da Corredoura», no distrito da Guarda e concelho de Celorico da Beira

- «Casas Florestais do Bloco do Talhão 1», no distrito de Leiria e concelho da Marinha Grande

- «Casa Florestal de Praia», no distrito de Leiria e concelho da Marinha Grande

- «Casa Florestal do Pedrógão», no distrito e concelho de Leiria

Encontram-se ainda a decorrer, até ao próximo dia 26 de janeiro de 2022, os concursos para a atribuição de direitos de exploração das 6 Estações Ferroviárias, cujos direitos de uso foram transferidos para o Fundo Revive Natureza, após a celebração do um Protocolo com a IP Património. 

A Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques referiu que «com estes novos sete imóveis apresentados a concurso, a Turismo Fundos conseguiu lançar, em cerca de ano e meio, um total de 38 concursos, dos  quais 32 respeitantes, essencialmente, a antigos postos fiscais e casas de guardas-florestais e seis relativos a estações de caminho de ferro, o que mostra o grande interesse por parte dos privados na recuperação e valorização destes imóveis localizados em espaços únicos que dispõem de um elevado potencial de atração turística».

O Revive Natureza permite que os imóveis, que se encontram devolutos há décadas, sejam recuperados e ganhem uma nova vida para atrair novos visitantes e fixar residentes nas localidades.